Se você está tentando conquistar a audiência de um público, usar as palavras certas pode ser um atalho para ser bem interpretado. Procure por conexões que façam as ideias que você teve mais claras. Quanto mais brilhante a ideia parece ser para você, mais ela tende a mexer com quem ouve. Pouquíssimas pessoas, ou até nenhuma, podem usar metáforas brilhantes na primeira tentativa. Pense em algumas ideias. Dispense as escolhas óbvias logo quando elas vierem à cabeça para dar lugar a ideias mais criativas. Por exemplo, para ilustrar parcerias, esqueça do clichê “aperto de mãos frente a um globo”. Para ilustrar uma meta, evite alvos e prefira algo mais particular, como um labirinto. Quanto menos usual for uma metáfora, menos ela ficará na cabeça das pessoas.

Adaptado de “Finding the Right Metaphor for Your Presentation”, por Nancy Duarte.

Share with your friends









Submit