A sabedoria convencional sustenta que uma decisão equivocada é melhor do que nenhuma decisão. Depois de tomada, sempre é possível mudá-la. Mas, na ânsia de parecer decidido, líderes podem assim forçar uma resposta prematura. E se não há uma resposta clara, vão criar uma. Isso mina a capacidade da equipe de construir uma decisão coletiva.

As pessoas desistem de colaborar porque se convencem de que a cabeça do líder já está feita. Se você não pode concordar, não imponha uma resposta. Em vez disso, termine a discussão colocando o processo em um lugar onde as decisões – até mesmo as mais demoradas – possam ser aceitas por todos. Dessa maneira você preserva a boa-vontade de colaborar das pessoas da sua equipe para uma próxima discussão.

A dica de hoje foi adaptada de “How to Cultivate Engaged Employees” , de Charalambos A. Vlachoutsicos.
Fonte: Management Tip of the Day, Harvard Business Review

Share with your friends









Submit