O desafio de reunir gente do mundo todo numa teleconferência
Se montarmos um mapa para ver como coincide o horário de trabalho em 12 cidades do mundo, veremos que o expediente nos EUA é a pior hora para tentar falar com o resto do mundo ao telefone. O melhor fuso é o da Índia. A hora do almoço em Mumbai coincide com parte do expediente da maioria da Europa, Johannesburgo, Moscou, Golfo Pérsico, Índia e leste da Ásia. Aliás, a jornada de trabalho em Mumbai coincide com a de países que somam 73% do PIB mundial (e só 33% no caso de Nova York).
A melhor hora, já sabemos. Mas, e o dia? Se computarmos feriados, eliminamos 25% dos dias de trabalho em 2011 nas 12 cidades. Somente 15 semanas de trabalho (29%) não são cortadas por um feriado — isso sem computar férias. A segunda-feira é o pior dia para a chamada, com feriados em 40% delas. O melhor: quarta ou quinta, cada uma com apenas 10 dos 52 (19%) indisponíveis. A segunda dezena do mês tem menos feriados (15) do que a primeira ou a terceira (25 cada uma).
Logo, na hora de programar uma teleconferência com gente do mundo todo em 2011, uma sugestão é quarta 16 de março às 13 horas, horário de Mumbai. O pessoal dos EUA não vai poder participar, mas a maioria dos demais, sim.

 

 

 
__________________________________________
Michael Segalla é professor da HEC em Paris. A Open é um escritório de design com sede em Nova York.
Share with your friends









Submit