Encontros sobre temas difíceis são inevitáveis. Mas se administrá-los corretamente, você pode manter seus relacionamentos intactos. Primeiramente, não trate as conversas como delicadas – isso fará com que você fique nervoso e preocupado. Ao invés disso, é importante vê-las de uma forma positiva, não nessa dicotomia de bom e ruim. Você não dará feedback negativo a ninguém, só terá uma conversa construtiva sobre desempenho. Pode ser interessante tratar pontos importantes previamente, mas não é necessário um roteiro. Tente ver o ponto de vista do outro. Pergunte a si mesmo: qual o problema? E o que faz com que os outros pensem que isso é um problema? Se você não tem certeza, veja tudo que você não sabe e pergunte. Então, traga as novidades concretas de uma forma corajosa, honesta e justa. Só não se faça de vítima. A pior coisa que você pode fazer é, tentando ser simpático, dizer coisas como “Sinto-me muito mal em dizer isso” ou “É muito difícil para mim tomar essa atitude”.

Adaptado de “How to Handle Difficult Conversations at Work”, por Rebecca Knight.

Share with your friends









Submit