Cultura organizacional

Como pensar em cultura organizacional

HBR Staff
24 de maio de 2016

Cultura organizacional molda tanto a produtividade dos empregados quanto os resultados do seu negócio, porém ela geralmente é ambígua e difícil de definir. Para ajudar, pense na cultura em três níveis com importância crescente: a cultura é percebida através de símbolos, rituais, histórias, e eventos organizacionais – as primeiras coisas que experimentamos quando entramos em uma organização. A cultura é refletida em como as pessoas daquele lugar pensam, sentem e se comportam – em outras palavras, aparece em valores individuais, normas de equipe e regras não-escritas. Cultura é a identidade da companhia percebida por seus melhores clientes, representando uma outra visão de fora da organização. Por exemplo, a Apple quer ser conhecida por seu design e simplicidade; a Marriot, por seu serviço excepcional; a Google, pela sua inovação. Ao trocar o foco da cultura de símbolos e valores, para as expectativas do consumidor e a identidade da companhia como um todo, os líderes conseguem criar e definir uma cultura vencedora no mercado.

Adaptado de “Your Company Culture Can’t Be Disconnected from Your Customers”, por Dave Ulrich e Wayne Brockbank

Compartilhe nas redes sociais!

replica rolex