Contratação

Contrate por competência – não diplomas

HBR
17 de setembro de 2020

Quando você está enfrentando uma grande pilha de currículos, pode ser tentador optar por candidatos que foram para uma faculdade ou universidade de maior prestígio. Embora a pesquisa mostre que esses candidatos podem superar ligeiramente seus colegas em algumas dimensões, os dados também mostram que sua contratação pode ser mais cara. Então, como você descobre se o custo extra vale a pena? Você deve considerar o valor potencial dos candidatos para sua empresa – mas, em última análise, sua adequação para a posição é o mais importante. Para determinar isso, teste as competências técnicas e interpessoais necessárias para o trabalho. E lembre-se de que qualquer vantagem modesta decorrente de posto universitário também pode ser mitigada pelo treinamento no trabalho. Embora possa ser uma resposta insatisfatória, a melhor prática de contratação é tomar decisões caso a caso – não supervalorizar uniformemente o “pedigree” da universidade.

Essa dica é adaptada de “Graduates of Elite Universities Get Paid More. Do They Perform Better?,” de Vasyl Taras, et al.

Compartilhe nas redes sociais!

replica rolex