Gestão de pessoas

Gerenciando o “do contra” da sua equipe

HBR Staff
31 de maio de 2016

A maioria das equipes têm pelo menos um “opositor” – aquela pessoa que sempre está sendo o “advogado do diabo”. O “do contra” pode ser brilhante e dedicado, mas o padrão de crítica e oposição dele pode fazer o restante dos membros se cansar. Mesmo assim, a divergência de opiniões é essencial para uma companhia eficiente e produtiva. Então, o que um gestor deve fazer para ser receptivo aos desacordos do opositor ao mesmo tempo em que toma cuidado para não tonar isso motivo de confrontos pessoais dentro do time? Primeiro, entenda que essas pessoas quase nunca têm más intenções – elas estão, na maioria das vezes, tentado apresentar pontos que acreditam ser de grande valia para a equipe. Encoraje todos a encontrarem pontos prós e contras de alguma ideia para tornar o questionamento algo normal no processo de pensamento. Depois, escute atentamente a todas as ideias e as avalie e considere com dedicação. Peça a todos que apresentem o máximo possível de argumentos para suas opiniões para que tudo seja sempre bem ponderado e balanceado. Finalmente, você sempre deve encarar as visões divergentes como um sinal saudável dentro da equipe.

Adaptado de “How to Handle the Naysayes on Your Team”, por Jennifer Porter

Compartilhe nas redes sociais!

replica rolex